Funcionário de usina de Fernandópolis sofre descarga elétrica e morre

Um homem que prestava serviços na Destilaria Alcoeste de Fernandópolis, pertencente ao Grupo Arakaki, morreu depois de sofrer uma descarga elétrica na manhã de quarta-feira, dia 31 de janeiro.

Região em 03 de fevereiro, 2024 10h02m

Um homem que prestava serviços na Destilaria Alcoeste de Fernandópolis, pertencente ao Grupo Arakaki, morreu depois de sofrer uma descarga elétrica na manhã de quarta-feira, dia 31 de janeiro.

Paramédicos do Samu tentaram por cerca de uma hora um procedimento de reanimação da vítima que sofreu parada cardiorrespiratória. 

Anteriormente, ele chegou ser atendido pela brigada da própria Usina até a chegada do resgate. 

Publicidade

A Polícia Civil foi acionada e perícia solicitada para realizar os trabalhos no local.

Anderson Leonardo dos Santos Barreto tinha 41 anos.

Publicidade

Publicidade

Enquete

Você é a favor da reforma da previdência?


Redes sociais

Colunistas