UPA de Jales recebe moderno aparelho de eletrocardiograma

A UPA de Jales foi contemplada no final do mês de dezembro/2023, com um moderno aparelho de eletrocardiograma.

Jales em 20 de janeiro, 2024 13h01m

A UPA de Jales foi contemplada no final do mês de dezembro/2023, com um moderno aparelho de eletrocardiograma. O sistema faz parte do Projeto “Boas Práticas”, na Atenção à Cardiologia e urgências Cardiovasculares, numa parceria com o HCOR – Hospital do Coração de São Paulo e Beneficência Portuguesa com o Ministério da Saúde, CONASS e CONASEMS, via PROADISUS. O sistema permite que o paciente faça o exame na UPA, sendo retransmitido em minutos para médicos cardiologistas do HCOR, na Capital Paulista.

Com o resultado do exame em tempo real, os médicos cardiologistas de um dos hospitais mais conceituados do Brasil emitem um laudo final com as orientações para a equipe da UPA (médicos e enfermeiros). Todo o processo dura poucos minutos e visa atender principalmente os pacientes que entram na unidade com quadros de doenças cardiovasculares. 

Para o Diretor Administrativo Sr. José Roberto Pietrobom, bem como o Exc. Senhor Prefeito Municipal LUIS HENRIQUE DOS SANTOS MOREIRA-Presidente do CONSIRJ, junto dos demais Prefeitos dos outros 15 municípios que compõem o Consórcio, agradece pela parceria junto ao HCOR, bem como destaca a importância fundamental do aparelho para atendimento aos pacientes e para a equipe de trabalho. “Hoje temos muitos casos de atendimentos de urgências cardiovasculares. Além da precisão do aparelho de última geração, em minutos estamos com o laudo assinado em mãos para darmos prosseguimento no atendimento do paciente. O interessante é que já temos uma equipe muito qualificada de médicos e enfermeiros aqui, mas agora também contamos com mais este respaldo de conceituados médicos da especialidade”, destacou José Roberto.

O principal objetivo do projeto “Boas Práticas” é qualificar em serviço a gestão de manejo clínico na linha de atenção à cardiologia e urgências cardiovasculares por meio do monitoramento do uso de ferramentas conectadas e  interativas, entre as doenças cardíacas mais comuns, destaca-se o Infarto Agudo do Miocárdio, diminuição ou interrupção da passagem de sangue para o coração.

Com base neste contexto, o projeto “Boas Práticas” oferece apoio às instituições públicas no desenvolvimento de estratégias e intervenções voltadas à melhoria da qualidade assistencial e segurança do paciente, com ênfase na realização do exame para diagnóstico do infarto e Arritmias Cardíacas em tempo adequado para a recuperação do paciente.

Publicidade

Notícias relacionadas


Publicidade

Enquete

Você é a favor da reforma da previdência?


Redes sociais

Colunistas